Natália. Síndrome de Tração Medular. Escoliose idiopática. Discopatia múltiple.


Data da intervenção: março de 2014

Bom dia! O meu nome é Natália, tenho 36 anos, sou russa mas moro na Espanha. Faz 10 dias que eu fiz a secção de filum terminale. Gostaria de contar-lhes um pouco sobre meu caminho de seis anos, qual me levou à essa intervenção. Quando engravidei, comecei ter cefaleias e não podia dormir no lado esquerdo. Tinha que me levantar pela noite para dar uma volta, os médicos não me ajudavam. Pensei que isso era algo hormonal. No último mês da gravidez tivemos um acidente de carro, um golpe por detrás. Desde aquele momento comecei ter problemas das costas, as dores não passavam nem com as massagens, nem com a fisioterapia. Os médicos fizeram varias provas, mas não encontravam nada. Diziam que era cansaço, stress, mudanças hormonais, etc. Eu me sentia cada vez mais cansada.

Passavam anos e o meu estado piorava. Comecei a cair-me na rua. Eu me sentia mareada e caia. Comecei a ter náuseas e vómitos. Sofria enxaqueca frequentemente. Tinha dores das costas, começou a dor de ombro e braço esquerdo. Os médicos me davam pastilhas, recomendavam natação, mas eu não melhorava. Faz um ano tivemos um outro acidente de carro e desde então as dores começaram a ser constantes e não podia dormir. Também comecei ter dores constantes da perna, desde a anca até o pé. Não podia levantar a perna para me vestir. Não podia caminhar nas ruas porque perdia o equilibro. Levava meu filho na escola e volvia a casa apoiando-me às paredes dos prédios para não cair. As vezes volvia a casa chorando e mareada.

Um dia no trabalho de repente tive uma paralisia do rosto. Fui levada diretamente às urgências pensando que era um icto. Os médicos fizeram as provas que demonstraram que eu não tinha nem icto nem tumor cerebral, era o que suspeitavam.

A traves dos amigos conheci o ICSEB. Fiz uma visita de três horas. Os médicos encontraram que eu tinha os reflexos incorretos e a sensibilidade à temperatura e ao tato afetada. Não podia estar em um pé, nem andar na ponta dos pés. O primeiro dia depois da intervenção notei uma diferença. Já não sentia a dor. Era uma maravilha. Sentir a dor continuo durante um ano e de repente não senti-o. Recuperei a sensibilidade à temperatura y ao tato.

Esse mesmo dia pude estar em um pé bastante tempo. Hoje cheguei ao Instituto em transporte público, sem estar mareada, sem tocar as paredes, sem me cansar. Muito obrigada!

Email: [email protected]













Fale conosco

Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona

O Departamento de Português está à sua disposição para esclarecer todas as suas dúvidas.

Todas as consultas recebidas por meio deste formulário ou pelas contas de e-mail do 'Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona', são encaminhadas à nossa equipe médica. As respostas são supervisionadas pelo Dr. Miguel B. Royo Salvador.

Horário de atendimento

Segunda-feira a Quinta-feira: 9-18h (UTC+1)

Sexta-feira: 9-15h (UTC+1)p>

Sábado e domingo: fechado

[email protected]

Atenção 24 horas

pelo nosso formulário web

+34 932 066 406

+34 932 800 836

+34 902 350 320

Assessoria Legal

Normativa Jurídica

Advertência jurídica

Endereço

Pº Manuel Girona 16,

Barcelona, España, CP 08034