Jornal sueco publica história de paciente com Síndrome de Arnold Chiari I

Published by at 12 Novembro, 2021


O caso de Rebecca Hamrin, operada pela equipe do ICSEB em junho de 2017, foi publicado pelo jornal Örnsköldsviks Allehanda no último mês de agosto. A paciente, da Suécia, havia sido diagnosticada com Síndrome Neuro-Crânio-Vertebral, Doença do Filum, Síndrome de Arnold-Chiari I e outras patologias relacionadas.

Hamrin, de 51 anos, contou à publicação local como tudo começou. Em dezembro de 2016, ela desmaiou durante o trabalho em uma fábrica de papel e precisou ser levada de ambulância a um hospital, onde ficou internada por alguns dias. Lá, foi diagnosticada com Síndrome de Arnold Chiari I.

O seu quadro clínico começou a piorar rapidamente e, por isso, os médicos que a tratavam na Suécia lhe propuseram fazer uma craniectomia. Porém, como os riscos de complicações eram altos, a paciente passou a pesquisar possíveis tratamentos para a doença na Internet.

“Encontrei em Barcelona o Instituto Chiari, que tinha outra solução para o problema”, relatou a paciente. Na entrevista para o Örnsköldsviks Allehanda, ela disse que, uma semana antes da cirurgia no ICSEB, teve problemas consideráveis de equilíbrio, visão e audição, além de dificuldades para comer e respirar. “Na noite anterior à operação, não fui dormir porque tinha medo de não acordar de novo”.

No entanto, pouco depois de ser operada pela equipe do ICSEB, ela notou mudanças. “Algo havia acontecido. Eu podia mexer a cabeça e já não estava tão tensa”, afirmou Hamrin. A reportagem explicou que, nos cinco anos anteriores, a paciente vinha recebendo apoio psicológico e havia feito fisioterapia para se recuperar.

Ela contou que pegou livros com letras grandes na seção infantil da biblioteca para praticar a leitura, treinou as habilidades motoras finas, escrevendo à mão e fazendo as próprias bijuterias, e até mesmo se uniu a um grupo de caminhadas. No fim de 2020, Hamrin pôde regressar ao trabalho, fazendo meia jornada.

De acordo com o jornal sueco, a paciente está saudável e conseguiu um novo trabalho em 2021. Hamrin conta que às vezes apresenta sintomas leves, mas segue em frente. “Realmente trabalhei duro para chegar aonde estou”, garante.

Veja aqui a reportagem completa (em sueco): https://www.allehanda.se/artikel/operationen-i-barcelona-raddade-rebeccas-liv-hade-svart-att-bade-ata-och-andas-1



Fale conosco

Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona

O Departamento de Português está à sua disposição para esclarecer todas as suas dúvidas.

Todas as consultas recebidas por meio deste formulário ou pelas contas de e-mail do 'Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona', são encaminhadas à nossa equipe médica. As respostas são supervisionadas pelo Dr. Miguel B. Royo Salvador.

Horário de atendimento

Segunda-feira a Quinta-feira: 9-18h (UTC+1)

Sexta-feira: 9-15h (UTC+1)p>

Sábado e domingo: fechado

[email protected]

Atenção 24 horas

pelo nosso formulário web

+34 932 066 406

+34 932 800 836

+34 902 350 320

Assessoria Legal

Normativa Jurídica

Advertência jurídica

Endereço

Pº Manuel Girona 16,

Barcelona, España, CP 08034