PROGRAMA DO EVENTO CULTURAL SOLIDÁRIO EM PROL DE PACIENTES COM A DOENÇA DO FILUM

Published by at 14 Setembro, 2017


Senhoras e Senhores,

Temos o prazer de anunciar que a Chiari & Scoliosis & Syringomyelia Foundation (CSSf), em colaboração com o Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona (ICSEB) e a Associação AI.SAC.SI.SCO Onlus, organiza um evento cultural solidário em prol de pacientes diagnosticados de Síndrome de Arnold-Chiari I, Siringomielia e Escoliose idiopáticas, além de outras enfermidades relacionadas à Doença do Filum.

Este evento artístico será realizado em Roma, Itália, na tarde do dia 7 de outubro de 2017 (sábado) no Teatro Don Luigi Guanella.

Todo mundo está convidado a comparecer e a desfrutar do espetáculo apresentado pelos(as) artistas, que nos honrarão com a sua participação.

Nós lhes esperamos para lhes conhecer ou para lhes reencontrar nesta ocasião especial, em que a Ciência e a Arte se unirão contra esta patologia.


auto


Créditos e biografias


 

Rita Capobianco, Itália

Rita Capobianco é atriz, bailarina, apresentadora e dramaturga. Nasceu artisticamente em 1978, quando passou a fazer parte do grupo Camomilla, resultado da Bottega dell’Arte, que está ligada à gravadora italiana Ricordi. Em 1980, iniciou sua trajetória no teatro do Bagaglino, uma aventura que durou nove anos, durante os quais fez parte de muitos espetáculos teatrais apresentados na Sala Margherita e nas séries televisivas “Para quem toca o sino” e “Mamadeira”, escritos por Pier Francesco Pingitore e Mario Castellacci, e dirigidas pelo próprio Pingitore. Terminada a sua experiência com o Bagaglino, continuou no teatro, sendo dirigida por Vito Molinari, Edmo Fenoglio, Franco Molè, Gianni Leonetti, Vincenzo Zingaro, Cinzia Berni e outros. Nos intervalos entre as suas turnês, apresentou um festival de teatro em Sicília e os concursos locais do “Miss Itália 96”.

No cinema, interpretou o papel de Salomé em “Segundo Poncio Pilatos”, de Luigi Magni; de Ada, a irmã de Giannino no filme “Gian Burrasca”, e a secretária de Licio Belli em “Atentos a esses P2”, de Pier Francesco Pingitore. Já como bailarina, participou de “Era uma vez na América”, de Sergio Leone; “Fred y Ginger”, dirigido por Federico Fellini e “Um homem apaixonado”, de Diane Kurys. Também fez parte do grupo de bailarinos de “Drive In”, “Pequeno Slam”, “A lua no poço”, “Viva as mulheres” e do elenco fixo de “Fantástico” (1984). Além disso, participou, como convidada em outros programas muito conhecidos na televisão italiana. Sempre na televisão, interpretou o papel de Rosaura no filme infantil Pinóquio, de uma secretária no capítulo da Preguiça no longa de P.F. Pingitore “De qual pecado você é”; de uma psicóloga na ficção “Uma mãe detetive”, dirigida por Fabrizio Costa. Entre suas diversas experiências artísticas, conta com uma colaboração com Silvan e a participação em tele-promoções e anúncios publicitários. Depois de se formar em Filologia Moderna, se lançou também como autora e diretora de espetáculos teatrais, dirigidos e interpretados por ela mesma. Um deles é “A rima te faz bonita”, obra com fantoches feitos por ela mesma. Já o “É tudo culpa do Arnold” é um monólogo burlesco, no qual, acompanhada pela música de Angelo Donzelli, ela revive sua história com uma doença rara que lhe afeta, a Síndrome de Arnold Chiari I.

“É tudo culpa do Arnold”: sinopse

A percepção total do tempo que passa e os tons burlescos aparecem, desde o primeiro momento, como elementos essenciais no desenvolvimento do monólogo, no qual a protagonista e atriz, descreve em primeira pessoa o drama solitário de quem sofre a Síndrome de Arnold Chiari I. As etapas da história refletem esta estranha realidade, que arrastará consigo, paulatinamente e de forma quase imperceptível, a protagonista, que é vítima de um inesperado caminho de autoconhecimento. Dentro do monólogo, com a reelaboração de símbolos que a autora utiliza, surge um panorama sublime, dividido entre uma realidade opressora e a luta pelo renascimento.
(Alessia Capobianco)
[email protected]

facebook.com: Tutta colpa di Arnold



 

Marisa Toscano, Itália

Marisa Toscano, escritora siciliana de Mistretta, é a autora de “Simintì”: um compêndio de prosa e poesia. Publicado em 2012 pela editora , é “o símbolo exemplar de Mistretta e símbolo também de uma presença cultural que sabe como resistir e propor, sem se deixar envolver pela apatia que adormece os povos”, como descreve o Prof. Melo Freni no jornal La Gazzetta del Sud.

Rosa Grazia Cascio escreve sobre seus poemas em dialeto siciliano, que “são ricos em musicalidade e em sentimentos, virtudes que podem ser percebidas inclusive sem que se leia a versão traduzida”. Seus contos são “irresistíveis pelo seu estilo e seu conteúdo, são fotos maravilhosas de um grande álbum de família, fonte interminável de alegria pelo fato de haver um passado, um pertencimento afetuoso à sociedade, um mundo ainda vivo na memória e no coração.”

Francesco Maria Di Bernardo Amato comenta sobre ela e sua “Simintì”: “sabe falar de sofrimento, que se recuperou e se curou; sabe falar sobre a morte, não como um tabu que precisa ser escondido, mas como parte essencial da própria vida e do espírito que a sustenta.”


Facebook.com/marisatosca


 

Annalisa Caicci, Itália

Annalisa Caicci nasceu em Camposampiero no dia 21 de outubro de 1984. Aos três anos de idade, começou a estudar dança. Primeiro, fez um curso de ballet clássico e uma formação profissional. Depois, se formou em dança moderna em diversas escolas da província de Pádua e de Treviso, como Il Balletto, de Castelfranco V.To, conquistando reconhecimentos pelas disciplinas nas quais foi aprovada, da Royal Accademy Of Dance of London e da Imperial Society of Teaching of Dance.

Participou de diversas apresentações de balé clássico e moderno, com os melhores nomes da dança mundial, tais como Gianni Rosaci, Michael Croydon Fowler, Miss Herida May, Margarita Smirnova, entre outros.

Aperfeiçoou-se na Itália e no exterior, por exemplo no Off Jazz Centre de Nice, na França, estudando com mestres como Gianin Loringet, Angelo Monaco, Huge Salgas, Martine Kasserlein e também no Summer Dance Campus de Arta Terme, em Udine, na Itália. Cursou o Master Intensivo Only Parsons, com Mia McSwain, acompanhada por Steve Parsons.

Frequentemente, participa de festivais, espetáculos, colaborações, apresentações e representações como professora e como bailarina. Recentemente, por exemplo, fez parte de Villa Ca’ Marcello, em Levada di Piombino Dese, Pádua.

É professora de Educação Física de ensino médio e colaborou também com a Academia Filarmônica de Camposampiero, na qual foi, durante muitos anos, professora de dança no departamento musical, participando de espetáculos e apresentações de fusão entre música e dança.

Desde 2007, é diretora artística e docente na escola de dança Pas de Chat gym & dance, com sede em Piombino Dese e Camposampiero, onde há cursos para principiantes de dança, ballet clássico e moderno, aero-step e tone-up.

As alunas da sua escola participam regularmente de apresentações, em parceria também com entidades e grupos, com o objetivo de propiciar una correta difusão da dança e transmitir uma mensagem positiva sobre o que a dança pode chegar a proporcionar.

Annalisa propõe uma dança educativa, na qual se destaque a importância da harmonia e da corporeidade e, assim, favorecer um desenvolvimento adequado da pessoa por meio do movimento.


www.annalisacaicci-danza.it


 

Laura Ierano, França

Cantora desde os 13 anos de idade. Em 2011, saiu o seu primeiro disco, Eclectic, no qual se fala sobre amor, força, mas também sobre a doença. Com a ajuda do seu irmão, Anthony, e do seu amigo Gianni, escreveu suas canções em italiano, francês e inglês. Laura adora os palcos, para ela, é uma forma de estar bem. Ela escreveu: “Os aplausos, a emoção, a resposta do público… são estas coisas que fazem eu me sentir apaixonada pela.


Facebook.com/lauraierano06


 

Francesco Mauro, Itália

Pintor reconhecido, ele vive e trabalha em Cerenzia, na província de Crotone. Ganhou diversos prêmios, entre os quais se destacam “Primavera 2001”, de Milão, e a “Exposição de verão”, da localidade de Mariano Comense, suscitando elogios de vários especialistas do setor.

Como definiu a Antologia dei Pittori, em 2002, “tudo em um artista se refere a uma desejada determinação da expressão, de tal forma que, quem observe a sua pintura, poderá deduzir também os signos da profundidade do espírito e, sobretudo, em uma simbiose poética do artista. (Scultori Aspetti dell’Arte)

No entanto, como dizia Antonello Talerici no seu artigo “O realismo de Francesco Mauro”, a arte de Mauro “não é só pintura, mas poesia… Suas tonalidades são cultura palpável, conhecimento profundo, que nasce de uma longa observação da verdade natural, participando com comoção da claridade dos reflexos… expressando com entusiasmo o seu apego à vida.”


[email protected]



 

Anthony Ierano, França

Anthony é um poeta muito ativo que tem 34 anos de idade e que mora perto de Nice, na França. No dia 8 de março de 2012, foi operado pelo Dr. Royo Salvador por Síndrome de Arnold Chiari I em Barcelona. Tem uma empresa de pintura, trabalha em uma Fundação e criou sua própria marca de roupa KATZO.

Escrever o que sente, sua experiência e seus sentimentos é uma forma de ficar bem; lhe ajuda a manifestar o que não pode dizer. Com muita frequência, seus versos se dirigem a pessoas da sua família, ao seu pai Rocco, à sua mãe Marie-Thérèse, especialmente ao seu irmão CriCri, que tem Síndrome de Down; à sua irmã Laura, que é cantora e para quem escreveu uma música que está no seu álbum lançado em novembro de 2013. Com seus versos, fala dele mesmo e das suas relações humanas e sociais.

O poema “Malformation de Chiari” representa tudo o que seu corpo viveu quando lhe diagnosticaram a patologia, até a operação. Foi selecionado para estar entre as cinco primeiras que competiam em um concurso e, mais tarde, foi publicado no livro “Dedicace a Saint’Agnese”, de Mille Plumes, em janeiro de 2015.

“Os poetas são as vozes de quem não tem voz”.


Facebook: Pour la poèsie de Ierano Anthony



 

Natalia Kalinina, Rússia

Natalia Kalinina é uma escritora russa de 38 anos, autora de 20 livros, que misturam mistério esotérico com romance e investigação. Todas os seus romances foram publicados em russo pela “Eksmo”, a principal editora do país, com a qual trabalha com exclusividade há 9 anos. Suas obras são vendidas em lojas pequenas e de departamentos, bancas de jornal, livrarias e pela Internet. Também estão disponíveis em formato eletrônico na “Litres”, a maior loja online especializada em e-books da Rússia.

Apaixonada por livros desde pequena, Natalia sempre sonhou em escrever seu próprio livro. No entanto, acabou se formando em biologia e química, para, mais tarde, entrar em grandes empresas do setor, onde tinha um futuro promissor. Um dia, ao se dar conta de que aquilo não era o que ela realmente desejava, Natalia deixou seu trabalho para se dedicar a escrever o seu primeiro romance. Enviou sua obra a várias editoras russas e, enquanto esperava uma resposta, foi passar uns dias na Espanha. Foi assim que se iniciou uma série de acontecimentos que mudariam sua vida para sempre. Em Barcelona, ela conheceu seu futuro marido e, ao voltar à Rússia, assinou seu primeiro contrato com uma editora.

Atualmente, Natalia reside em Barcelona, fiel ao seu lema “lute pelos seus sonhos e nunca se renda”, do qual ela é uma prova viva.

Exclusivamente para este evento, a escritora doa dois exemplares do seu livro “O segredo do livro negro”, no qual está impressa uma dedicatória especial: “Com carinho e agradecimento à equipe do ICSEB”.

Para comprar seus livros:
[email protected]


http://www.litres.ru/natalya-kalinina/
http://www.eksmo.ru/publishers/today/
http://www.labirint.ru/authors/41924/


 

Ferran Pérez Vivancos

Nascido em Barcelona em 1946, Ferran Pérez Vivancos se formou em Artes Aplicadas e Desenho gráfico em 1968. Entre 1968 e 1979, deu aulas de desenho gráfico como professor titular da Escola Massana de Barcelona, onde, anteriormente, havia estudado. Conciliou esta atividade com a de desenhista gráfico em diferentes estúdios de Barcelona. Em 1982, criou seu próprio estúdio de desenho, no qual concilia seu trabalho com a pintura.

Atualmente, após várias décadas de trabalho criativo, conta com centenas de obras concluídas, algumas delas em coleções privadas em Barcelona, Alemanha e América do Sul, onde sua obra é, especialmente, apreciada.

Desde 1972, participou de diversas exposições coletivas. O restante da suas obras está, cuidadosamente, guardada. Tudo isso foi possível graças à sua perseverança, entusiasmo e o apoio incondicional da sua família, que lhe permitiu desenvolver esta atividade durante tantos anos.


[email protected]


 

Christina Apovian, Brasil

A artista brasileira Chris Apovian trabalha com vídeo, pintura e performance há 18 anos. Suas obras transitam entre referências da história da arte e perspectivas político-conceptuais. Em 2006, participou da 26ª Bienal Internacional de São Paulo, com uma invasão, que contou com a participação de 30 pessoas sem teto.

Neste evento, Apovian nos apresenta Da Vinci: o nascimento do Brasil, que segundo ela, “é uma apropriação da obra de Leonardo da Vinci”.

[email protected]

www.facebook.com/chrisapovianx


 

Jonas Ribeiro, Brasil

Para o brasileiro Jonas Ribeiro, a arte é um hobby, pela qual expressa seus pensamentos e expectativas.

Ribeiro nos apresenta um desenho feito especialmente para este evento, intitulado Esperança, no qual se vê “um peregrino viajando pela estrada da vida, aqui representado pela cor verde”. Este peregrino, explica o artista, “busca o topo do mundo, representado pelas cores azul celeste e azul marinho, a luz da ESPERANÇA, amarela como um sol e sustentada por um braço celestial, que simboliza a sincronia entre a mão de Deus e a habilidade cirúrgica do médico.”

[email protected]

www.facebook.com/jonasribeiro2011


 

José Mario Amaral, Brasil

José Mario Amaral é um artista versátil. Nas artes plásticas, desenvolve sua criatividade em obras abstratas, faz pinturas com crayon oil pastels, tinta acrílica, entre outros, além de trabalhar com outros materiais, como pedra e madeira. Além disso, é compositor e produtor musical e agora está prestes a lançar seu quarto disco de produção independente, com músicas de própria autoria. Outra das suas paixões é a literatura, atualmente está escrevendo o seu primeiro livro.

As duas obras apresentadas por José Mario se intitulam A Sereia Areia e As sete cobras. A primeira trata dos encantos de cura do mar. “Sou um exemplo disso, pois moro em uma cidade litorânea do Brasil e vim para me curar em outra cidade costeira, na Europa, ou seja, Barcelona.”

Já a segunda, As sete cobras, expressa o equilíbrio entre o material e o espiritual. “O aspecto material é a manifestação do dinheiro saudável, enquanto que a cura do corpo físico vem da serpente”, explica. “A manifestação do espírito vem das entidades espirituais (astrais), que estão trabalhando por nós e com nós em prol da organização, matéria/espírito. As sete cobras tem o 7, que é o número da organização entre a matéria e o espírito.”


[email protected]
Instagram: @joz11eh_amaral


 

Maria Pia Ambrosio, Itália

A Sra. Maria Pia Ambrosio é uma criativa empreendedora, que se dedica, há anos, à decoupage e a muitas outras técnicas de decoração para casa e eventos. Para este evento, a paciente nos oferece, com muita amabilidade, as imagens das suas obras pintadas à mão.


s[email protected]


 

Francesca Ghisio Erba, Itália

Apaixonada por dança desde a infância, Francesca Ghisio Erba conseguiu, em 1976, o Diploma de Tersicorea na Entidade Autônoma do Teatro da Ópera de Roma. Nos anos seguintes, desenvolveu a sua carreira profissional como bailarina solista, participando de diversos programas de televisão e de espetáculos nos maiores teatros italianos. Mais tarde, depois de colaborar como ajudante de coreografias, ao lado de Gino Landi e Evelyn Hanack, ela passou a dar aulas de dança.

Alguns anos mais tarde, começou a se interessar em terapias orientais, até que decidiu percorrer um novo caminho, que lhe fez conquistar o diploma, em 2004, de Terapeuta Profissional em Keiraku Shiatsu e, em 2008, em Terapias Essene. Posteriormente, completando os seus estudos, e sempre na busca por enfoques ligados à assistência, obteve o diploma de Trabalhadora dos Serviços Sociais no Instituto de Instrução Superior da Rua Asmara de Roma e o de Consultora Psico-sintética na SIPT ( Escola Italiana de Psicossíntese Terapêutica). Simultaneamente, fez um treinamento pessoal por meio do Ioga. Cada vez mais convencida de que o bem-estar provém de um estado psíquico equilibrado e também de um constante treinamento físico, se tornou instrutora de Fitness postural e professora de Coerência e Ressonância Cardíaca, uma prática específica de respiração.

Atualmente, com base nas suas experiências pessoais e nos seus estudos, se dedica a tratamentos shiatsu, terapias essene e encontros de counseling. Além disso, organiza seminários para a divulgação da prática de Coerência e Ressonância Cardíaca e ensina ginástica abdominal hipopressiva, enfocada em Fitness Postural.

[email protected]
facebook.com/francescaworkout



3 pacientes muito jovens, que colaboram com este evento:

 

Lilou Van Dyck, Bélgica

Lilou, de 9 anos, expressa a sua criatividade por meio do desenho e da pintura desde que tinha apenas 3 anos de idade. Para ela, ambos são sua verdadeira paixão, que dão cor à vida!

[email protected]
 

Aurora Negrini, Itália

Aurora, de 9 anos, lerá um poema que ela mesma escreveu, com exclusividade para este evento. Desta maneira, ela quer compartilhar a sua própria experiência com outras crianças doentes.

[email protected]
 

Alice Negrini, Itália

Alice, de 11 anos, é a irmã mais velha da Aurora. Ela nos dará o prazer de lhe escutar, tocando no seu violão, duas obras de música clássica e tradicional.

[email protected]

A CSSf, o ICSEB e a AI.SAC.SI.SCO querem agradecer de coração à mãe e ao pai destas meninas por terem permitido esta valiosa participação das suas filhas neste evento.


 

Mensagem de agradecimento da CSSf à equipe do ICSEB

Entre as obras expostas no Teatro San Luigi Guanella, o público poderá conhecer diversas ilustrações e quadros do próprio diretor da CSSf, o Dr. Miguel Royo Salvador, e também do Dr. Horia Salca. Ambos são membros da equipe neurocirúrgica do ICSEB.

Que surpresa agradável descobrir que os dois, homens de ciências, também têm um lado artístico!

 

Miguel B. Royo Salvador

Além de ter estudado medicina e de ter feito um doutorado em Neurocirurgia, o Dr. Miguel Royo Salvador foi aluno da Escola de Artes e Ofícios de Tarragona durante três anos quando era jovem. Em 1967, ganhou 3 prêmios de pintura, de desenhos rápidos e de decoração na mesma localidade. Nesta ocasião, ele nos apresenta, entre outras obras, duas séries de desenhos em acrílico, realizados para publicações médicas, que representam uma das patologias protagonistas do evento, acompanhada pela técnica cirúrgica aplicada para tratá-la. São elas: “Sequência da formação de uma Síndrome de Arnold Chiari I, com a descida do cerebelo, IVº ventrículo e amígdalas cerebelosas”, para una publicação médica, em 1996, e “Sequência da técnica cirúrgica minimamente invasiva da secção do Filum Terminale”, para uma publicação médica em 1997.


 

Horia Calin Salca

O Dr. Salca participa do evento expondo suas obras “Cadaqués”, “Igreja de Siurana” e “A última ceia”, feitas com lápis, giz de cera e nanquim.

Neurocirurgião e pesquisador do Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona, o Dr. Salca cultiva a sua paixão pelo desenho e a pintura desde a juventude, quando estudava na Escola de Belas Artes de Targu-Mures, na Romênia (1975-78). Mais tarde, teve que interromper seus estudos para se preparar para entrar na Faculdade de Medicina.


 

A CSSf, o ICSEB e AI.SAC.SI.SCO querem expressar seu agradecimento a estes dois médicos por compartilharem seus dons artísticos, juntamente com o profissionalismo que tanto lhes caracteriza.



Fale conosco

Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona

O Departamento de Português está à sua disposição para esclarecer todas as suas dúvidas.

Todas as consultas recebidas por meio deste formulário ou pelas contas de e-mail do 'Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona', são encaminhadas à nossa equipe médica. As respostas são supervisionadas pelo Dr. Miguel B. Royo Salvador.

Horário de atendimento

Segunda-feira a Quinta-feira: 9-18h (UTC+1)

Sexta-feira: 9-15h (UTC+1)p>

Sábado e domingo: fechado

[email protected]

Atenção 24 horas

pelo nosso formulário web

+34 932 066 406

+34 932 800 836

+34 902 350 320

Assessoria Legal

Normativa Jurídica

Advertência jurídica

Endereço

Pº Manuel Girona 16,

Barcelona, España, CP 08034