Yeomhwang Kim. Síndrome Neuro-Crânio-Vertebral. Doença do Filum. Impacto nas amígdalas cerebelosas. Cisto intramedular. Desvio da coluna vertebral. Hérnia discal L5-S1 esquerda. Protrusão discal C5-C6.

Published by at 14 Julho, 2017


Data da intervenção: outubro de 2016



Olá!

Eu me chamo Teomhwang Kim e moro na Coreia do Sul.

Em junho de 2015, comecei a ter os primeiros sintomas, mas os médicos demoraram muito tempo para descobrir a causa. Depois de três ressonâncias magnéticas, ainda não se havia chegado a um diagnóstico, até que, em um hospital universitário, detectaram Siringomielia. Após examinar as dimensões das cavidades siringomiélicas, me disseram que eu não teria muitos sintomas e que eu estava me preocupando demais. Suspeitando que pudesse ser outra coisa, decidi fazer mais exames, mas, novamente, não encontraram nada. Eu tinha enjoos e uma sensação intensa de formigamento nos braços e nas pernas.

Conheci o Institut Chiari de Barcelona por meio de um fórum na internet. Achei seus artigos científicos e depoimentos de pacientes muito interessantes e promissores. Na Coreia, apesar de haver sido diagnosticado de Siringomielia, fui orientado a voltar um ano mais tarde, para fazer novas ressonâncias magnéticas de acompanhamento. Depois de 12 meses, meus sintomas havia melhorado um pouco em comparação com os que eu havia tido no momento em que me diagnosticaram a Siringomielia. Mesmo assim, como eu não podia ficar de braços cruzados, decidi marcar uma consulta no Institut Chiari de Barcelona.

A experiência no Institut foi muito boa. O médico me examinou e, muito amavelmente, me explicou o que se observava nas ressonâncias magnéticas. Durante a consulta, me deram esperanças quando me disseram que a evolução da doença seria interrompida. Apesar de os sintomas não serem tão graves, decidi me submeter à intervenção para procurar deter o seu avanço. As mudanças pós-operatórias foram surpreendentes. Os enjoos diminuíram e senti como se tivesse voltado ao passado, antes de diagnosticarem a doença. Somente tive uma dor mínima no cóccix, onde fui operado. Três dias depois da intervenção, pude fazer turismo e desfrutar do fantástico tempo da Espanha com um quadro físico melhor.

Os sintomas voltaram três meses depois da intervenção, mas após duas semanas, minha condição física voltou a melhorar de novo. No Institut, já tinham me avisado que os meus sintomas podiam sofrer altos e baixos. O que me surpreendeu foi sentir a melhora de outros sintomas, que nunca havia pensado que fossem provocados pela Siringomielia. Por exemplo, antes era muito difícil me manter ereto, mas desde a intervenção, ficou muito mais fácil me manter nesta postura. Além disso, a dor de ouvido, que me obrigava a consultar, frequentemente, um otorrinolaringologista, desapareceu. Sinto uma aparente melhora na força das mãos. Além disso tudo, também melhoraram diversos sintomas como o tremor na nuca ou a sensação de calor nos punhos e nos tornozelos.

Ultimamente, corro de manhã e faço levantamento de peso, utilizando a técnica de “peso morto”, devido à hérnia discal que tenho. Vivo muito bem e tenho boas condições físicas. Tal como estava antes da operação, seria muito difícil fazer exercícios aeróbicos devido à dor muscular tardia da qual padecia, mas agora me sinto melhor quando os faço.

Antes da intervenção, a melhor maneira que tinha para aliviar os enjoos e a falta de força das minhas mãos e dos meus pés era dormir. Agora, posso ter um ritmo de vida mais ativo. Meu estado é tão bom, que sempre desejo viver como agora. Às vezes, os sintomas vão e vêm, no entanto, o grau de intensidade deles é muito menor em comparação com o passado, já que não afetam a minha vida cotidiana. Além disso, acho que os sintomas continuarão melhorando com o tempo, já que só passaram sete meses desde a intervenção e já senti muitas melhoras.

Sou muito grato ao Dr. Miguel B. Royo Salvador, fundador do Institut. Também quero agradecer ao Dr. Horia Calin Salca, pela sua amabilidade; ao Dr. Marco Fiallos Rivera, por ter me atendido na minha última consulta antes de voltar à Coreia e, por último, à Saetbyeol Kim, que me ajudou desde o primeiro contato até a atualidade, atendendo às minhas consultas à distância. Também estou muito agradecido à equipe do Institut por se esforçar em tratar esta doença rara e de cura difícil.

Espero que possamos nos ver de novo e que eu possa curtir as paisagens da Espanha em melhores condições.

O paciente quis deixar uma frase em espanhol: “Eles me deram uma vida nova. Obrigado! Adeus!”

E-mail de contato: [email protected] 



Fale conosco

Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona

O Departamento de Português está à sua disposição para esclarecer todas as suas dúvidas.

Todas as consultas recebidas por meio deste formulário ou pelas contas de e-mail do 'Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona', são encaminhadas à nossa equipe médica. As respostas são supervisionadas pelo Dr. Miguel B. Royo Salvador.

Horário de atendimento

Segunda-feira a Quinta-feira: 9-18h (UTC+1)

Sexta-feira: 9-15h (UTC+1)p>

Sábado e domingo: fechado

[email protected]

Atenção 24 horas

pelo nosso formulário web

+34 932 066 406

+34 932 800 836

+34 902 350 320

Assessoria Legal

Normativa Jurídica

Advertência jurídica

Endereço

Pº Manuel Girona 16,

Barcelona, España, CP 08034