Carta de Rita Capobianco

Published by at 8 Abril, 2014


Roma, 30/03/2014

 

Prezado Dr. Miguel B. Royo Salvador,

Decidi de escrever-lhe essa carta no Facebook, não apenas porque considero justo dar-lhe as graças publicamente e manifestar-lhe a minha infinita gratidão e consideração, sino também porque espero que as minhas palavras possam ajudar às pessoas que sofrem das mesmas doenças genéticas, raras e incuráveis, que eu.

Quando cheguei no Instituto Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona faz 5 anos, eu era uma mulher com muitos medos de futuro nada prometedor que se ma havia presentando. De repente descobri que desde o nascimento sofria de uma doença genética hereditária, rara e incurável, associada a outras duas patologias que com tempo e muito provavelmente me iriam levar à incapacidade total com dores insuportáveis. Isso foi um golpe duro demais para suportar.

Tinha três opções: voltar sobre os meus próprios passos e submeter-me a uma perigosa intervenção do crânio, a qual consegui evitar estando já na sala de cirurgia, graças à honestidade do neurocirurgião que ia fazer a minha cirurgia; assistir impotente à piora gradual dos meus sintomas que desde já faz tempo haviam começado a afetar a minha vida quotidiana; crer no caminho que Você empreendeu faz mais de 35 anos o qual foi criticado pela maioria dos neurocirurgiões (não sei se pela falta do conhecimento ou pelas outras razões) e por a minha vida nos seus mãos. Após falar com pacientes operados por Você , consultar os meus seres queridos e escutar a minha razão e a minha coração, não teve nenhuma duvida e cheguei ao seu Instituto em Barcelona.

Encontrar-me na presencia dum homem grande, tão humano e próximo, apoiado por um equipe de profissionais igualmente maravilhosos, foi uma confirmação ulterior: esse era a eleição justa, a única eleição possível.

5 anos depois da intervenção do filum terminale, nos quais gradualmente recuperei muitas capacidades físicas que pareciam definitivamente perdidas, recolhi a ressonância magnética que faço cada ano, e como sempre, com um pouco de medo, comecei a ler o laudo médico. A ciência outra vez deu-lhe razão! No laudo está escrito: “Ráquis: a cavidade siringomiélica cervico-dorsal resulta claramente reduzida tanto no calibro máximo, anteriormente de 7,4 mm e agora de 4,5 mm, como na extensão crânio-caudal, anteriormente estendida de C3 a D4 e atualmente com origem na correspondência da limitante inferior do C4 e terminação na correspondência do terço medio do corpo vertebral D4.”

Quem conhece bem essas doenças graves sabe perfeitamente que isso é um grande resultado e que não exagero dizendo que Você foi “ a minha luz ao fim do túnel”.

Gostaria então de publicamente agradecer-lhe e a seu equipe por haver regalado a mi, e a muitos outros pacientes que confiaram em Você e se entregaram nas suas mãos, uma nova e maravilhosa oportunidade de vida.

Com tudo meu carinho e minha infinita gratidão,

Rita Capobianco.



Fale conosco

Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona

O Departamento de Português está à sua disposição para esclarecer todas as suas dúvidas.

Todas as consultas recebidas por meio deste formulário ou pelas contas de e-mail do 'Institut Chiari & Siringomielia & Escoliosis de Barcelona', são encaminhadas à nossa equipe médica. As respostas são supervisionadas pelo Dr. Miguel B. Royo Salvador.

Horário de atendimento

Segunda-feira a Quinta-feira: 9-18h (UTC+1)

Sexta-feira: 9-15h (UTC+1)p>

Sábado e domingo: fechado

[email protected]

Atenção 24 horas

pelo nosso formulário web

+34 932 066 406

+34 932 800 836

+34 902 350 320

Assessoria Legal

Normativa Jurídica

Advertência jurídica

Endereço

Pº Manuel Girona 16,

Barcelona, España, CP 08034